O Sincomércio torna público seu protesto ao Decreto Municipal nº 15.472, conforme ofício enviado à Prefeita Suéllen Rosim:

“Como não fomos ouvidos antes da edição do decreto, com profundas alterações na prática do comércio em Bauru, como seria de esperar de um Governo democrático e preocupado com a economia da cidade, o fazemos agora.

O problema maior enfrentado em Bauru é o da falta de leitos que só se resolverá com a oferta de mais leitos e o enfrentamento das causas reais da propagação do vírus e não com medidas que apenas prejudicam o comércio e os consumidores.

Os efeitos pretendidos pelo decreto sobre as festas e reuniões clandestinas, em vias públicas ou locais privados, será o mesmo se a proibição de venda de bebidas alcoólicas for decretada após as 21hs em todos os dias da semana e mantido o funcionamento de restaurantes e similares, também até as 21hs.

Nada justifica tumultuar e prejudicar o comércio regular que trabalha honestamente, cumprindo todos os protocolos indicados nos sucessivos decretos.

Assim solicitamos:

1 – O período de proibição de vendas de bebidas alcoólicas aconteça de segunda à domingo apenas após as 21hs.

2 – Seja mantido o horário de atendimento de restaurantes e similares até as 21hs;

Solicitamos ainda que as restrições de público no comércio sejam também aplicadas aos ônibus urbanos, estes sim focos de transmissão do Covid.

Esperamos que o bom senso seja preservado com a aplicação das alterações propostas, com a urgência que se faz necessária, evitando maiores e desnecessários prejuízos às empresas comerciais.”

Sincomércio Bauru e Região

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Mais populares

Categorias

Posts Relacionados