NÃO HÁ VACINA CONTRA O DESEMPREGO E A FOME

AS RESTRIÇÕES AO COMÉRCIO AGRAVAM A SITUAÇÃO DO VAREJO

O comércio formal, responsável por 70% dos empregos no país, já contribuiu economicamente em demasia nesta pandemia. Estamos reabrindo e não aceitamos mais limitações e restrições, que só agravam a situação do comércio.

Os shoppings fecharam por todo Brasil. Em Belo Horizonte, por exemplo, são mais de 240 dias fechados; em São Paulo, 155 dias, o Rio de Janeiro e outros Estados com diversas restrições e mesmo assim, sem apoio ou auxílio financeiro às empresas. Ninguém funciona pela metade. O varejo precisa voltar plenamente a sua atividade para salvar milhões de empregos.

A restrições ajudam a aprofundar a crise e o sofrimento do comércio. Precisamos e exigimos podermos trabalhar plenamente!

Somente no setor de shopping centers são gerados 3 milhões de empregos; esse número é cinco vezes maior se considerar restaurantes, bares e serviços, ainda fechados no Estado de São Paulo e Minas Gerais e com restrições no Rio de Janeiro e outros Estados. Alguns Prefeitos e Governadores insistem em destruir o comércio e iludem a população que estão sendo parceiros da Economia. Não são!

O abre e fecha seletivo sem critérios e evidências, praticado por alguns prefeitos e governadores, eleva os custos trabalhistas e de operação, causa instabilidade e insegurança o que acaba gerando demissões e falência de empresas. Pior, insistem em cobrar impostos sobre as atividades que estão impedidas de trabalhar, quebradas ou que irão fechar. Foram pagos mais de R$ 1,2 bilhão de IPTU aos municípios paulistas somente pelo setor de shopping centers.

Com protocolos de operações, respeitando as normas de saúde, vamos ajudar saúde e economia.

SEM LIBERDADE NÃO HÁ SAÚDE!

• 25% do comércio quebrou e não volta mais.
• 15 milhões de empregos dependem do comércio aberto
• 30 milhões de brasileiros já estão desempregados.
• Não há vacina contra desemprego e fome.

O comércio formal não suporta mais pagar a conta sozinho. Não vamos aceitar novos fechamentos.

#nãoaceitamosnovosfechamentos

Sincomércio Bauru e Região

Clique aqui e veja quem apoia essa campanha.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Mais populares

Categorias

Posts Relacionados