CARTA ABERTA AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA: APELO DE BAURU E REGIÃO

Caro Presidente Bolsonaro.

Encaminhamos um pedido de ajuda humanitária.

Bauru e os demais 67 municípios paulistas que compõem a DRS-6, com mais de um milhão e meio de habitantes, padecem pela falta de leitos, principalmente de UTIs para atender aos contaminados pelo Covid e aos acometidos por outras enfermidades graves.

O Governo do Estado descumpre sua função e nega a esta região, talvez por vendeta à prefeita de Bauru Suellen Rosim, a quem o governador chama de vassala da Presidência da República.

Ao tempo em que nossos pacientes encaram a morte desassistidos, o enorme Hospital das Clinicas de Bauru, construído há mais de dez anos e todo equipado para abrigar trezentos leitos, com UTIs e centro cirúrgicos, permanece fechado por falta de vontade política do governador e da USP, sua mantenedora.

Hoje, presidente, uma família chora pela morte de Manuela, nome fictício para um personagem de um drama real.

Internada no Pronto Socorro Municipal na quarta-feira à noite, com Covid, mesmo contando com decisão judicial que obrigava o Estado a recepciona-la em um dos seus hospitais, só teve a vaga liberada ontem à noite.

Tarde demais, Manuela faleceu em Bauru antes de ser transferida.

Face à negligência do Estado apelamos, presidente Bolsonaro, para que envie um hospital de campanha do exército Brasileiro para, com urgência, impedir que novas vidas sejam perdidas, desnecessariamente.

Importante lembrar que o comércio de Bauru permanece fechado, completaremos 139 dias desde o início da pandemia até o dia 16 de março, data prevista para o final da fase vermelha em todo Estado, isto se não for renovada.

Todos esses dias fechados não impediram 432 mortes pelo vírus em Bauru e o índice de ocupação de leitos mantido em 100% há dias e com enorme fila de espera.

A situação se repete nos sessenta e oito municípios atendidos pela DRS-6 do Estado de São Paulo.

Reconhecemos a suas limitações porem, para impedir que essa triste situação perdure, pedimos que com urgência que seja atendido nosso apelo.

É nossa última esperança.

Contando com sua atenção, somos.

Atenciosamente,

SINCOMÉRCIO – Sindicato do Comércio Varejista de Bauru e Região
Presidente Walace Garroux Sampaio

Sindicato do Comércio Varejista de Lins
Presidente Luiz Carlos Gardini

Sindicato do Comércio Varejista de Jaú e Região
Presidente José Roberto Pena

Sindicato Rural de Bauru
Presidente José Maurício de Mello Lima Verde Guimarães

SINDCON – Sindicato dos Contabilistas Bauru e Região
Presidente Paulo Braga

SINHORES – Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e similares de Botucatu/SP
Presidente Samir Adballah

SINCOMERCIÁRIOS – Sindicato dos Empregado do Comércio de Bauru
Presidente Cilso José de Moraes

ACIB – Associação Comercial e Industrial de Bauru
Presidente Reinaldo Cafeo

ACI – Associação Comercial e Industrial de Jaú
Presidente Ademar Borgo

Associação Comercial e Industrial de Lins
Presidente Cleber Greco

CDL – Câmara dos Dirigentes Lojistas de Bauru
Presidente Odair Secco Cristovam

Câmara de Dirigentes Lojistas de Jaú
Presidente Alexandre Ivan dos Santos

Bauru Shopping
Administrador Ivan Molta

PELAS ACADEMIAS DE BAURU
Representante Gabriel Protti

PELOS BARES E RESTAURANTES DE BAURU
Representante Patrícia Mainini Gomes

APAS Regional Bauru – Associação Paulista de Supermercado
Diretor Regional Fernando Luiz da Silva

CIESP Regional Bauru – Centro das Indústrias do Estado de São Paulo
Diretor Regional Gino Paulucci

ASSENAG – Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Bauru
Presidente Alfredo Neme

ASSOMA – Associação dos Maçons de Bauru e Região
Mauricio Ruiz

Pelas demais entidades.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Mais populares

Categorias

Posts Relacionados

POR TRÁS DAQUELA PORTA

Peço sua atenção por poucos minutos. Vou procurar não cansá-los, pois em nossa reclusão já dedicamos um tempo maior à leitura. Vou falar sobre o

Ler mais