O NOVO DECRETO: BAURU X MARÍLIA

Enquanto o comércio de Bauru está fechado desde ontem, e assim irá até amanhã, por vontade do Prefeito, a cidade de Marília amanheceu com o comércio de rua e os shoppings abertos, e assim ficará a semana toda.

Inspirado na legislação de Bauru, o Prefeito de Marília enviou à Câmara um Projeto de Lei muito semelhante ao nosso, que tramitou e foi sancionado em apenas uma semana.

Portanto, agora, o bauruense que desejar ir às compras ou ao shopping hoje, amanhã ou no próximo domingo, terá que ir à Marília, onde o comércio permanece aberto, ao contrário de Bauru, por culpa do Prefeito Gazzetta.

Esta é uma consequência insólita do ato do Prefeito Gazzetta que, em represália à Câmara Municipal e ao Sincomércio, manteve fidelidade ao Plano São Paulo.

Ao contrário do que disse, segue nesta linha porque quer e não porque está obrigado, seja pela decisão do TJ ou do próprio Plano Estadual, que autoriza os governos municipais a flexibilizarem suas regras, desde que apresentem pré-requisitos embasados em definições técnicas e científicas.

A única explicação plausível para o ato da Prefeitura é que o Prefeito e seus “cientistas” identificaram uma mutação do vírus em Bauru, que dorme de quarta-feira a sábado e acorda no domingo com um apetite voraz até a próxima quarta-feira, quando volta a hibernar.

Tudo em nome da ciência, tão maltratada em Bauru.

A esperança que temos é que a Câmara Municipal casse o mandato do Prefeito, em um dos muitos requerimentos apresentados, e nos livre dos males que continuará causando ao município até o dia 31 de dezembro, destruindo sua economia.

Walace Garroux Sampaio
Presidente Sincomércio Bauru e Região

Voltar para listagem de notícias