TRABALHO NO FERIADO DE 1º DE AGOSTO

Informamos que a Convenção Coletiva de Trabalho do Comércio de Bauru, quem ainda se lembra dela, em meio a tanta tragédia, infelizmente continua em vigor até o dia 31 de agosto.

Não houve assinatura da CCT no ano passado devido às absurdas exigências do Sindicato dos Empregados do Comércio de Bauru.

Aliás, amanhã temos mais uma audiência conciliatória promovida pelo TRT da 15º Região em que, também, não aceitaremos a proposta do Sincomerciários.

Entre outras obrigações do passado, continuam valendo as obsoletas regras para o trabalho em feriado, que se aplicam para a próxima data de 1º de agosto, aniversário da cidade, como se Bauru tivesse algo a comemorar.

Regras para o trabalho no feriado:

Comércio de shopping: Pagamento a título de indenização de R$ 95,00 (Noventa e Cinco Reais) por empregado que trabalhar no feriado e descanso compensatório no prazo de 90 dias, a partir de setembro ou a antecipação nos dias que antecedem o feriado.

Comércio de rua: Pagamento a título de indenização de R$ 95,00 (Noventa e Cinco Reais) para as médias e grandes empresas; de R$ 78,00 (Setenta e Oito Reais) para as EPPs; e de R$ 62,00 (Sessenta e Dois Reais) para as MEs, com a compensação idêntica à dos shoppings.

Empresas com atividades preponderantes em Gêneros Alimentícios, tais como Mercearias, Supermercados, Hipermercados, etc: Pagamento a título de indenização de R$ 36,00 (Trinta e Seis Reais), sendo que para as EPPs e MEs o valor é de R$ 30,00 (Trinta Reais).

Ficam isentos do pagamento os estabelecimentos que concedam a folga compensatória e forneçam regularmente refeição aos seus empregados pelo PAT.
 

Sincomércio Bauru e Região

Voltar para listagem de notícias