Mudaram as receitas brutas anuais. Veja o que alterou no Simples Nacional agora em 2018!

A maioria das alterações passaram a vigorar a partir de 1º de janeiro. Mudaram as receitas brutas anuais. Devem ser considerados os seguintes valores de acordo com o porte da empresa:

* Microempreendedor individual (MEI) passou para R$ 81 mil por ano (era R$ 61 mil)

* Microempresa (ME) permanece R$ 360 mil por ano

* Empresa de pequeno porte (EPP) passou a R$ 4,8 milhões por ano (era de R$ 3,6 milhões)

O imposto sobre ICMS e ISS não estarão incluídos no Simples Nacional para empresas com faturamento superior a R$ 3,6 milhões. Com isso, tais impostos deverão ser recolhidos em guia própria.

 

Fonte: Tome Nota - Informativo Empresarial aos Contabilistas - edição 170/ crédito da foto: viabussola.com.br